Grupo Máxima promove programa de indicações com recompensas

Programa envolve a recompensa por indicação de até 15% do valor da transação na aquisição de soluções da MáximaTech, LifeApps ou onBlox

Salvador, 09/08/2022 – O Indica Aqui é o programa de recompensas por indicação criado pelo Grupo Máxima com o objetivo de alavancar os negócios de empresas da cadeia de abastecimento. Com liderança em soluções de força de vendas e e-commerce, trade marketing e logística para o setor, o Grupo busca simplificar as rotinas do segmento e fortalecer parcerias com a segunda edição da campanha, que teve início em 2021. Neste ano, o programa tem vigência de agosto a dezembro de 2022, com possibilidade de prorrogação.

Para participar, basta que qualquer pessoa, exceto colaboradores, recomende ao Grupo Máxima uma empresa da cadeia de abastecimento por meio da homepage do programa acessando este link. As indicações contemplam as três empresas do Grupo: MáximaTech, que traz aplicações para força de vendas e logística de entrega; LifeApps, que oferece plataforma de e-commerce; e onBlox, com seu portfólio de gestão de armazém e frota.

O funcionamento do programa é simples: alguém indica uma empresa via preenchimento do formulário e, em seguida, a equipe comercial do Grupo Máxima entra em contato com para conhecer as necessidades do indicado. Por fim, se a negociação der certo, quem realizou a indicação recebe uma notificação por e-mail para formalizar o percentual da recompensa a ser recebido no valor do projeto vendido. Se o negócio for fechado em até 30 dias após a indicação, o valor será de 15% do setup negociado. A partir do 31º dia, o percentual passa para 10%.

“Nós somos um Grupo que preza pela boa relação, tendo isso como parte da nossa cultura, e crescemos justamente por priorizar a satisfação do nosso público. Além disso, conseguimos recompensar pessoas e empresas que acreditam no nosso trabalho, o que é fundamental para o tipo de parceria que queremos estabelecer”, finaliza Selva Tassara, diretora de marketing do Grupo Máxima.

Últimas notícias