Ex-executivo do Mercado Livre investe 3 milhões e cria escola de negócios para ajudar empreendedores

Salvador, 26/04/2021 – O sonho de todo empreendedor é ter sucesso nos negócios, mas muitos acabam tentando fazer tudo ao mesmo tempo, sem priorizar o que realmente faz a diferença e acabam quebrando. De acordo com um levantamento realizado pelo IBGE, 716 mil empresas fecharam as portas desde o início da pandemia no Brasil. As 2,7 milhões de empresas que continuam abertas sentem as consequências da crise econômica agravada pela pandemia: 70% delas relataram diminuição de vendas ou serviços desde que a covid-19 chegou ao país, e mais de 948 mil tiveram que demitir trabalhadores durante esse período.

O empresário Frederico Flores é ex-executivo do Mercado Livre, empresa onde atuou por quase três anos. Começou a empreender aos 15 anos, vendendo cursos de DJ pela internet e, aos 33, já vendeu duas empresas por mais de R﹩70 milhões. “A educação é muito importante, mas o empreendedorismo é ainda a melhor forma de ascensão social no Brasil. Temos um país extremamente empreendedor, mas a falta de conhecimento e informações impede com que a maioria prospere nos negócios”, explica Frederico.

A Scaleup (www.scaleup.com.br) tem como público-alvo os pequenos e médios empresários, que muitas vezes não sabem ao certo como começar e onde devem investir primeiro. Frederico investiu R﹩3 milhões para a criação do negócio e espera faturar R﹩10 milhões no primeiro ano, além de ter ao menos 4 mil alunos formados até o final de 2021. Além disso, a escola reúne mais de 20 mentores de startups de sucesso no Brasil – como Ifood, Hotel Urbano, Mercado Livre, Sympla, Movile, entre outros – colaborando diretamente com os alunos matriculados.

Frederico destaca que o projeto visa atrair empreendedores de todos os setores. “A Scaleup surgiu para mostrar que empreender é para todo mundo. Além de facilitar o ensino. Vamos incentivar esses empreendedores a colocarem em prática todo o conteúdo ensinado junto a mentoria dos CEOs das maiores startups do Brasil”, comenta o empresário.

Os cursos

Nessa semana a escola lança os primeiros cursos, focados nos cinco principais pilares – ou áreas – de um negócio: Finanças e Administração, Produto e Tecnologia, Vendas e Marketing, Gestão e Operação e Cultura e Pessoas. Com um olhar voltado para as PMEs e pessoas que estão começando um novo empreendimento, os conteúdos da escola, divididos entre práticos e teóricos, iniciam com 5 cursos, 50 módulos e mais de 400 aulas.

“A Scaleup é a primeira escola focada em negócios, nativamente digital do país, em que cada aluno monta o curso de acordo com seus interesses. Por que dar o mesmo curso para todos se as pessoas são tão diferentes?”, explica Frederico.

Os cursos custarão a partir de R﹩59,00 por mês e todos os materiais e ferramentas já estão incluídas no valor. O aluno escolhe como e quando consumir o conteúdo. “Queremos fortalecer as habilidades desses empreendedores para garantir confiança e ajudar a reduzir o número de negócios que quebram no país”, conclui.

Últimas notícias