Transferência eletrônica de veículos já está sendo testada no país

Salvador, 21/07/2020 – Um sistema que permite a transferência eletrônica segura de veículos está sendo testado por concessionárias e revendedoras de carros de Santa Catarina. A tecnologia desenvolvida pelo Serpro para o Denatran foi um dos destaques apresentados na última sexta-feira, 17, no encerramento webinar do MInfra Digital Week. O projeto piloto do Renave, ou Registro Nacional de Veículos em Estoque, será expandido em breve para o Espírito Santo, Goiás, Rio Grande do Sul e São Paulo e a previsão é de que, já em setembro, esteja funcionando em todo o país.

Com o Renave, a empresa que comercializa veículos usados pode fazer o registro de entrada e saída diretamente no órgão de trânsito responsável pelo licenciamento comprovando, ela mesma, a transferência e reduzindo a burocracia. “É o fim de uma espera que custa, em média, 15 dias para o proprietário e também do costume informal e não recomendável da entrega do DUT em branco”, explicou  o diretor-geral do Denatran, Frederico Carneiro.

Tudo na palma da mão

No evento, também foram apresentadas a trajetória de outras tecnologias de trânsito, como a Carteira Digital de Trânsito, que reúne a CNH e o CRLV digitais. A novidade é que, com a adesão do estado do Pará ao CRLV-e no início do mês, todos os estados do país passaram a oferecer todos os documentos de porte obrigatório no trânsito em formato eletrônico. “É uma verdadeira transformação digital na vida do motorista brasileiro”, avaliou o gerente de Soluções de Gestão de Trânsito no Serpro, Diego Migliavacca. “Segundo dados da Fundação Getúlio Vargas, o país já possui mais de um celular ativo por habitante. Daí a necessidade de investirmos fortemente nesse tipo de serviço voltado para o cidadão”, complementou. Atualmente, já